|

O Spirit of Football une a paixão pelo futebol à promoção do bem-estar através da prática de atividades esportivas, educação, cultura, projetos sociais e tecnologia.

Desde a Copa de 2002, no Japão, um grupo viaja até o país-sede da Copa do Mundo saindo do local onde foi disputada a primeira partida oficial de futebol, na Inglaterra.

Nessa viagem, eles percorrem diversos países, sempre levando a mensagem do Spirit of Football.
Durante o percurso a equipe visita escolas, dirigentes e locais públicos, promovendo jogos de futebol no melhor estilo fair play. Eles também conhecem a cultura local, promovem atividades, palestras e divulgam o espírito da arte que une os povos desde a sua invenção: o futebol.

Para cada Copa, a equipe do SOF leva uma bola, The Ball, que é o equivalente à Tocha dos jogos Olímpicos. Por onde passa, a bola vai sendo assinada por todos, até chegar ao país que receberá o Mundial.

SOF 2014

A viagem para a Copa do Mundo 2014 já começou! No Brasil temos a versão em português da plataforma que integra ensino a distância, redes sociais, conteúdo dinâmico e gerencia todos os acontecimentos off-line, além de acompanhar de perto os 6 meses da viagem do grupo saindo da Inglaterra até o Brasil a partir de 9 de janeiro de 2014.

Nas escolas e locais públicos do Estado de São Paulo e de todas as cidades-sede da Copa de 2014, estão programadas cerca de 100 apresentações do Workshop “One Ball, One World.

“One Ball, One World” tem como principal objetivo engajar os participantes nos 4 pilares do SOF:  educação, cultura, cidadania e a promoção do bem-estar através da prática de esportes. 

História

Em 1998, Christian Wach e Phill Wake foram à Copa do Mundo na França para gravar os sons e as comemorações dos torcedores. Eles ficaram encantados com o poder que a música possuía de unir torcedores rivais e perceberam que, no fundo, o futebol é verdadeiramente uma linguagem global. Independentemente do resultado dentro de campo, eles viam pessoas de todo o mundo juntas para celebrar a vida através do futebol.

Em 2002, Richard foi realocado no Tadjiquistão, para organizar uma instituição de caridade e ajuda de socorro no Afeganistão na seqüência dos ataques de 11 de Setembro. No caminho para o aeroporto, ele sugeriu que Phil e Christian o encontrassem em Tashkent (Uzbequistão), e que eles continuassem juntos até o Japão. “Era quase metade do caminho”, ele pensou!  Christian ficou entusiasmado com a idéia de viajar pela Ásia Central, pois ele soube foi lá onde seu avô tinha morrido durante a Segunda Guerra Mundial. Ele decidiu que seria ótimo combinar a viagem para a Copa do Mundo com uma busca pelo túmulo de seu avô. Phil se animou com a perspectiva de uma viagem épica e, juntos, eles partiram para torná-la uma realidade.

Assim, em 2002, infectados pelo “vírus” da Copa do Mundo, eles iniciaram uma viagem por terra até a Coréia e o Japão, usando o Futebol como seus passaportes para jogarem partidas com os habitantes locais. Começando a jornada na Inglaterra, berço do futebol moderno, eles perceberam que aquela bola tornou-se uma lenda – era “A Bola”, o equivalente no futebol à tocha Olímpica. Nascia então o Spirit of Football.

No dia 23 de Fevereiro de 2009 o Spirit of Football tornou-se uma CIC (Algo semelhante às ONGs no Brasil), cujo objetivo é ajudar a manter o espírito da “bola” (“The Ball”), organizando e realizando as viagens da “bola” até a Copa do Mundo, enquanto ela existir.

Source: https://spiritoffootball.com.br/nossa-historia/